19.11.10

Inocência

O homem recebeu do céu uma natureza essencialmente boa, para guiá-lo em todos os seus movimentos. Entregando-se a esse princípio divino dentro de si, o homem alcança uma inocência incontaminada. Ela o conduz ao bem com certeza instintiva e livre de intenções ulteriores de recompensa ou vantagem. 

Essa certeza instintiva traz supremo sucesso e "favorece através da perseverança". Mas nem tudo o que é instintivo é também natural, nesse sentido mais elevado da palavra, mas somente o que é correto, aquilo que corresponde à vontade dos céus. Uma forma de agir instintiva e irrefletida, que não possua retidão, só poderá causar infortúnio. 

Confúcio comentava a respeito: "Onde irá aquele que se afasta da inocência? A vontade e as bênçãos dos céus não acompanham seus atos". 

Fonte: http://app.uol.com.br/iching/mensagem.php?msg=7_8_8_7_7_7#imagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecida pela visita! Volte sempre para ver novidades,
Miriam Miranda

Visite a nossa Galeria de Arte

Visite a nossa Galeria de Arte
Reproduções e Originais de Obras de Arte.